Conteúdo Orgânico: tipo de informação considerada orgânica

0
6

A dúvida sobre qual tipo de informação pode ser considerado conteúdo orgânico é muito debatida nos dias de hoje. Contudo, preparamos este artigo para exemplificar de forma prática quais informações podem ser de fato consideradas como orgânicas.

Solicitar Cotação!

Pode ser considerada informação orgânica toda e qualquer forma de expressão e comunicação, em que um emissor transmite uma mensagem a um receptor. Sobretudo para explicar, significar ou solucionar algum problema.

Esta comunicação pode ser em forma de um artigo em um blog; um e-book; vídeo e até mesmo em um áudio, como acontece nos Podcasts da atualidade.

Quando uma informação é considerada conteúdo orgânico

Hoje em dia é muito comum encontrarmos vídeos sobre assuntos bem específicos através do Youtube ™ por exemplo e estes vídeos são um tipo de informação que pode ser considerado como um conteúdo orgânico. Uma agência de Marketing pode fazer um vídeo explicando como criar anúncios nas redes sociais, por exemplo.

Sendo assim, a agência atrairá um tipo específico de pessoas, potencialmente engajadas em um contexto digital. Estas provavelmente têm empresa e divulgam seus produtos na internet.

Qual a vantagem do uso do conteúdo orgânico?

Ganhar visibilidade. Sobretudo a chance de fisgar pessoas que fazem parte da sua audiência.

E qual seria a vantagem de fisgar pessoas da sua audiência? A vantagem é de oferecer uma solução; uma ferramenta — um serviço/produto oferecido pela empresa. Neste contexto, a empresa pode oferecer uma facilidade às pessoas que assistiram ao seu vídeo.

Contudo, o que a empresa oferece é uma oportunidade para que a sua audiência obtenha resultados extraordinários se aplicarem o que acabaram de aprender através do vídeo, em sua ferramenta de segmentação por exemplo. Sendo assim, o serviço que agência de marketing vende é uma ferramenta de segmentação para anúncios nas redes sociais.

Está vendo a importância que a informação pode ter para um negócio? No exemplo deste artigo, o investimento feito pela agência foi o “tempo”, para a produção do conteúdo, gravado em vídeo.

A agência não precisou investir nenhuma quantia monetária em anúncios para alcançar o tipo de cliente ideal. O que aconteceu foi o inverso — O cliente foi atrás do conteúdo, assistiu ao vídeo, se interessou pela possibilidade de obter melhores resultados e fez a contratação do seu serviço.

Este artigo é uma ilustração de um dos muitos tipos de informação que podem ser considerados como conteúdo orgânico. Confira também sobre os benefícios e diferenciais do Marketing de Conteúdo.